Levantamento indicou a preferência dos brasileiros desde o início da crise sanitária em 2020.

O estudo apontou ainda que nos seis primeiros meses de 2021 houve um aumento na instalação de jogos e aplicativos de streaming e em abril e junho, a queda na instalação de apps de transportes.

A pandemia empurrou os brasileiros para o uso das tecnologias remotas via internet e o celular tornou-se uma ferramenta valiosa no período de isolamento social e distanciamento.

Uma pesquisa da Navita, empresa de gestão no setor de telecomunicações, indicou quais foram os apps mais baixados nos 18 primeiros meses da pandemia, a partir de março de 2020.

A pesquisa indicou um pico de downloads em três momentos de 2020: em março, no início da crise, no meio do ano, quando houve o crescimento do número de casos de Covid-19, e em dezembro, com o afrouxamento das medidas restritivas.

No primeiro mês da pandemia, Uber, Waze e 99 foram os mais baixados na categoria transportes, enquanto Candy Crush e Wish foram os preferidos entre os apps de jogos e compras.

Em junho e agosto, os três aplicativos transporte continuaram no topo dos downloads, acompanhados das redes sociais LinkedIn, Tik Tok e Kwai, de edição de vídeos. Já em dezembro de 2020,
segundo a Navita, os mais baixados foram Waze, 99, LinkedIn, Tik Tok e Spotify.

O estudo apontou ainda que nos seis primeiros meses de 2021 houve um aumento na instalação de jogos e aplicativos de streaming e em abril e junho, a queda na instalação de apps de
transportes.

O estudo foi realizado em 20 mil equipamentos, entre tablets e smartphones, em 60 cidades do Brasil.